ESPECIALIZAÇÃO

Inovação Pedagógica: tecnologias e metodologias ativas

PÚBLICO

Professores(as), bacharéis ou licenciados em educação básica ou superior que atuam nas mais diversas áreas do  conhecimento; gestores(as) de educação, coordenadores(as) pedagógicos e demais interessados(as) em inovar a  prática docente com tecnologias e novas metodologias. 

OBJETIVO

Esta Especialização tem como objetivo geral propor soluções criativas e preparar os participantes para uma nova  atitude pedagógica, proporcionando práticas inovadoras e adaptadas às necessidades do mundo atual, as quais devem ser adotadas nos espaços educacionais para favorecer o desenvolvimento do aprendiz-protagonista.  

Mediadores: os docentes da pós-graduação são pesquisadores das questões mais atuais em educação e desenvolvem  práticas inovadoras em suas ações. 

METODOLOGIA

O curso será desenvolvido na modalidade híbrida, com encontros presenciais e online. Haverá, também, atividades  externas em espaços educacionais variados, que proporcionem uma formação diversa e plural. 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a) Produzir conceitos e critérios de inovação pedagógica em seus contextos específicos; 

b) Pesquisar e desenvolver cenários de aprendizagem propícios à realização de boas práticas e inovação pedagógica; 

c) Explorar novas práticas com tecnologias digitais que sejam significativas e integradas aos contextos de  aprendizagem contemporâneo;dc) Ampliar as possibilidades de planejamentos didáticos e avaliações promotoras de  aprendizagens profundas e significativas; 

d) Abordar pressupostos teórico-metodológicos de inovação pedagógica, tecnologias e metodologias ativas; 

e) Contribuir para a formação de educadores atuantes e críticos, conscientes de seu contexto e sua função social no  cenário contemporâneo; 

f) Entender o papel dos alunos e suas responsabilidades e perfis no contexto de uma aprendizagem colaborativa, significativa e consciente. 

O Curso  totaliza uma carga horária 360 hs e se estrutura em seis componentes curriculares, um componente de Trabalho de Conclusão de Curso e um componente variado, que consiste em Encontros Temáticos Inovadores. O Trabalho de Conclusão de Curso será produzido durante todo o percurso da especialização.

A modalidade do curso é híbrida, com encontros quinzenais, com 7h/a presenciais, em 18 meses, totalizando 238h presenciais, 62h de atividades online, em Ambientes Virtuais de Aprendizagem e 40h de orientação de TCC, mais 20h de encontros temáticos inovadores. Serão 34 encontros presenciais para os componentes curriculares, mais 5 encontros temáticos.

 

_

MINICURRÍCULO DOS MEDIADORES

_

Dalvaneide Araújo

Doutoranda pela Universidade de Coimbra, Mestre em Educação pela UFPE. Graduada em PEDAGOGIA pela Faculdade de Ciências Humanas de Olinda. Professora Substituta da UFPE. Leciona no curso de Pedagogia e demais licenciaturas no Centro de Educação da UFPE. Participa grupo de pesquisa da plataforma CNPq: Educação, Metodologias e tecnologias - EDUCAT. Desenvolve pesquisas e atividades de extensão focalizando Formação Humana e Cuidado de Si. Coordenadora do Curso de Pedagogia da FAREC.

_

Flávia Barbosa

Doutora em Educação pela UFPE (2017) com estágio de Doutorado Sanduíche na Universidade de Sevilla-Espanha (2016), Mestre em Educação Matemática e Tecnológica pela UFPE (2011) e Graduada em Pedagogia pela UFPE (2000). Professora da Prefeitura do Recife, em Função Técnico-Pedagógica. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Política educacional, Avaliação de política de TIC, Inclusão sócio digital e Integração das TIC em contexto educativo. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa "Laboratório de Pesquisa e Prática - Educação, Metodologias e Tecnologias - Educat".

_

César Souza

Mestre em Educação Matemática e Tecnológica e Graduado em Pedagogia pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor do Ensino Superior. Pesquisador do Grupo de Pesquisa "Laboratório de Pesquisa e Prática: Educação, metodologias e tecnologias - EDUCAT (UFPE/CNPq). Participa do Projeto de Extensão Proi-Digit@l: Espaço de criação para inclusão de jovens da Periferia de Recife. Pesquisa sobre tecnologias na educação, especialmente games e gamificação.

_

Raquel Rodrigues

Jornalista (1998) e Mestre em Comunicação (2002) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Especialista em Comunicação em Novos Ambientes Tecnológicos pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade de Coimbra - Portugal. Gestora educacional de programas de graduação e pós-graduação de grandes grupos educacionais brasileiros. Docente e orientadora de graduação e pós-graduação (Unifavip, Uninassau, Marista, Fafire, São Camilo), nas áreas de jornalismo, comunicação, audiovisual, metodologia da pesquisa e semiótica. Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa e Prática de Educação, Metodologias e Tecnologias, - EDUCAT - da Universidade Federal de Pernambuco/CNPQ. Consultora Associada da H2 Soluções Corporativas.

_

Márcia Nogueira

Graduação em Web Design/Sistemas para Internet pela Faculdade Marista Recife (2009), especialista em Mídias na Educação - UFPE e Gestão Educacional (FADEPE). Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica (EDUMATEC/UFPE) com abordagem em Práticas de Multiletramentos Digitais. Doutoranda em Educação Matemática e Tecnológica (EDUMATEC/UFPE). Professora e Designer Instrucional da UAB/Conect[e] da UFPE, Professora convidada no curso de

Pós-graduação Lato Sensu na Faculdade Fafire e SENAC, e Técnica Pedagógica na Secretaria de Educação do Recife/PE. Consultora em educação e metodologias de uso da Joy Street e do C.E.S.A.R (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife), uma organização sem fins lucrativos associada ao Centro de Informática da UFPE.

_

Auxiliadora Padilha

Professora associada para atividades de Educação a Distância da Universidade Federal de Pernambuco. Possui graduação em Pedagogia (1997), mestrado em Educação (2001) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (2006). Pós- Doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha. Pesquisa e atua sobre Coreografias Didáticas e Institucionais, Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação para Educação com ênfase em Didática, Inovação Pedagógica e Metodologias Ativas, Educação a Distância, Inclusão Digital, processos de ensino e aprendizagem e formação de professores. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica da UFPE. Foi Coordenadora do Programa Institucional de Inovação Pedagógica da Universidade Federal de Pernambuco e coordena, desde 2011 o Programa de Extensão Proi-Digital.

© 2019 por Pratica.Edu

Siga a gente:

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Pinterest Icon